Moçambique: novos fundos para as Calamidades

Partilhe nas redes sociais

Foram assinados em Maputo dois importantes instrumentos de apoio ao investimento em Moçambique, designadamente o Acordo de revitalização do Fundo Empresarial da Cooperação Portuguesa e duas linhas de financiamento no âmbito do Fundo Português de Apoio ao Investimento em Moçambique.

Ao abrigo do InvestimoZ, foram assinadas linhas de financiamento entre a SOFID – entidade gestora do Fundo – e dois bancos locais – o Millenium Bim e o BCI -, no valor global de 15 milhões de euros. Estes bancos poderão financiar, em termos mais favoráveis, empresas com capital português nas suas operações de investimento ou necessidades de tesouraria, nas zonas afetadas pelos ciclones Idai e Kenneth.

A revitalização do FECOP permitirá  simplificar o acesso ao financiamento por parte das micro, pequenas e médias empresas moçambicanas e contemplará igualmente um apoio específico, em termos ainda mais favoráveis, para as empresas atingidas pelos referidos Ciclones.


 

Partilhe nas redes sociais

Notícias relacionadas

Marta Mariz na Administração da EDFI

Marta Mariz na Administração da EDFI

Marta Mariz, CEO da SOFID, foi eleita para a Administração da EDFI. A EDFI congrega as quinze Instituições Europeias de financiamento ao desenvolvimento que investem no setor privado, em países de rendimento médio e baixo, com o objetivo de causar impacto através da criação de emprego e do crescimento sustentável das comunidades em que se inserem os projetos apoiados.